– Pai!

– Oi, tô aqui.

– O senhor vai ler uma história pra mim?

– Vou…Pronto, esta aqui: “Era uma vez um país onde todos eram acusados de tudo. Eles eram acusados pela mídia, pela justiça, pelas pessoas, mas nada nunca acontecia com eles.

– Porquê?

– Porque eles tinham um poder mágico, chamado “imunidade parlamentar”. Por isso, mesmo quando roubavam e eram acusados disso, eles podiam continuar governando o país por muito e muito tempo.

– E ninguém conseguia fazer nada com eles?

– Nada, eles continuavam lá por anos. Às vezes, quando algo muito, mas muito grava acontecia, eles não ficavam no castelo por 4 ou 8 anos, mas sempre estavam escondidos, esperando para voltar.

– Mas e quando alguém acusava eles de verdade, assim, eles não ficavam chateados?

– Claro que ficavam! Todas as vezes em que eram acusados eles bufavam, bradavam, balançavam os braços no ar. “É uma calúnia, vossa excelência”, diziam alto.

– Eles tinham amigos?

– Eles se dividiam em lados, naquele castelo. Uns ficavam do lado direito e outros do lado esquerdo. Mas, se ninguém contasse pra você quem era quem, você saberia ao certo de qual lado a pessoa estava. Não sei se eram amigos, dependia do ano. E, quando alguém acusava um pessoa do seu lado, todos diziam juntos “é mentira”, mas quando acusavam o outro lado, diziam “fora já”.

– E como essa briga acabou?

– Nunca acabou, filho. Eles continuaram brigando e brigando cada vez mais. E continuam brigando, usando todos os nossos recursos para a briga deles.

– Ah, então é por isso que hoje em dia a luz custa milhares de reais?

– Sim, filho. Agora vai dormir, papai tá cansado de pedalar tanto pra deixar a luz do abajur acesa.

– O senhor pedala só mais um pouquinho, pra eu conseguir dormir?

– Claro, filho. Boa noite.

congress side by side