Para você, leitor desavisado, uma novidade anunciada ontem: subiu a IOF. Ao ler isto aqui ou nos jornais de grande circulação, ou ao ouvir na rádio ou na tevê, você deve ter tido a mesma reação que eu tive, quando escutei a notícia, super a la Didi Mocó: 

Cûma?

Resumindo a parada: se você finacia algo – casa, carro, cartão de crédito – se ferrou! Vai subir essa tal taxa para o valor de 0,38% que, por uma incrível coincidência, era a mesma tributação da CPMF.

Não foi só isso. Aumentou também a CSLL! É um imposto que os bancos pagam, não a gente. O ministro disse que, como os bancos tão ganhando bem, eles podem pagar mais e tal. E todos sabemos o quanto os bancos são instituições generosas, que não vão repassar esses custos pra gente, não é?

 

Em resumo, o que deveria se ler em todos os jornais no dia de hoje:

 

"Saiu a CPMF, entrou a IOF e a CSLL, porque os FDP querem mandar a gente pra PQP"