Olá povo siteano!

 

Sei que não fui muito certinho na hora de publicar o diário de viagens da gente pelo interior de São Paulo (hehehehehe, cara de pau total minha de escrever isso, pois acho que este artigo é a segunda publicação sobre o assunto), mas vou colocar aqui algumas lembranças, para deixar registrado nos anais do grupo (aqui resisti a uma piada pronta e fui em frente).

 

A cidade de Birigui será aqui usada para se falar um pouco da viagem teatral simplesmente por um fato que descobri por lá e pareço ter esquecido nas outras cidades: celulares filmam! Em formato ideal para Youtube! Aí tudo fica uma maravilha.

 

Birigui conta com um técnico ninja, o Gás. Quando todos os grupos de teatro que participariam do VIAGEM TEATRAL foram chamados pra uma reunião em Sampa, alguém já tinha me dito que ele era uma figura.

 

Segue aqui o registro da fera descendo as escadas.

 

[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=OUsN9kEyrc4&w=480&h=385]

 

 

 

Depois de trabalhar e, principalmente, depois de horas de viagem (são 730 km de Curitiba até lá), a gente fica meio bodeado e meio bobeado. A prova está aqui, no momento café da manhã.

 

[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=mnDMF3653kg&w=480&h=385]

 

 

Eu acordo cedo sem problemas, o Danilo acorda porque se acostumou com esse horário quando o filhinho dele começa a pedir atenção.

 

Em Birigui tivemos uma acolhida muito especial de uma família da cidade. São amigos do Marcelo, mas depois desta acolhida são nossos amigos também.

 

[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=Qf48TL5rcnY&w=480&h=385]

 

 

 

 

Todo o trabalho valia a pena porque os SESIs fizeram um excelente trabalho de divulgação do projeto. As pessoas realmente apareceram para assistir o nosso trabalho.

 

[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=GvmXqM5ZZ40&w=480&h=385]

 

 

 

 

De Birigui é só tudo isso. Tivemos três sessões na cidade, todas muito bem recebidas. Tem comentários na parte dos espetáculos, aquele link láááááá em cima da página. 

 

Aquele abraço