mont

 

 

Eu realmente não compreendo, mas existe algo de sinistro que acontece quando o elevador está parado no primeiro andar. É quase que uma gozação com a minha cara. Por que é que a pessoa não sobe um lance ridículo de escadas em vez de pegar o elevador?

Mas não vou explicar – ou tentar – meu ódio. Ridículo explicar o que nos irrita. Ainda mais neste desejo antropológico e antropofóquico de retratar a estupidez humana.

 

 

Ou a minha estupidez, pelo menos.