Esta semana dois gordos, de ética duvidosa, se despediram dos holofotes das duas atividades mais corruptas do país.

Mas eles sempre podem voltar.