Você lembra que já teve plebiscito sobre como deveria ser a nossa forma de governo? Em teoria, somos uma democracia presidencialista – que é um nome chique pra dizer que as coisas são decididas pelos nossos representantes(os deputados e senadores, que são os "demos"da palavra democracia) e por um cara em especial que pode aceitar ou não a palhaçada (o chefe, o presidente em si).

 

realeza

 

Mas as semanas passam e cada vez mais me convenço que vivemos sobre um regime monárquico, onde todos os nossos marqueses, duques e condes acreditam piamente que suas nobres existências tem algo de divino, portanto é mais que obrigação do povo nutrí-los de todas as formas possíveis. Ajuda para comprar terno, ajuda para pagar almoço, ajuda pra gasolina, pro estudo, pro telefone, pra moradia, pra tudo. Fora o salário, reajustado ao bel prazer da corja de folgados.

 

E os súditos? Só no chicote! A última que eu escutei foi uma das mais absurdas. Um empresário que está sendo multado porque pagou o estudo dos seus funcionários e não declarou isso como benefício. Ou seja, ele deveria estar pagando impostos sobre uma regalia extra que não é imposta pelo Estado, porque afinal de contas, como é que o pessoal do planalto vai poder gastar R$ 4.500 reais em gasolina no período de uma semana (valor oficial, divulgado hoje de meio dia, sobre um deputado do PSDB do Rio Grande do Norte) se o povo não colabora?

 

Senão, daqui uns anos vamos ter um montão de gente educada neste país que saiba votar! Já pensou que perigo?

 

Perigo nada! O que adianta saber votar se não temos em quem votar? Eleição parece sempre aquele jogo que o Silvio Santos fazia, da cabine que não entra som, acendia uma luzinha e você dizia sim ou não. Lembra disso?

___________________________________________________________________________________________

 

Silvio – Muito bem, eleitor. Você vai querer votar neste candidato que tem uma cassação pendente e 35 mandatos nas costas? Sim ou não?

 

Eleitor – SIIIIIMMM!

 

Silvio – Muito bem, muito bem. Agora você quer trocar por este outro, que estava com os direitos políticos cassados até o ano passado e cometeu as maiores barbaridades quando era presidente?

 

Eleitor – Nãããããooo!

 

Silvio – Não votou, ele não votou, mas não tem problema porque no estado natal dele eles votam! Agora, você quer trocar o seu candidato por outro que apóia os pobres e puxa briga com todo mundo?

 

Eleitor – Siiiiiimm!

 

Silvio – Aê! Você acaba de condenar o Brasil a viver 4 anos com o presidente Roberto "Hugo Chaves" Requião!

___________________________________________________________________________________________

 

A realeza se estende a todas as esferas políticas brasileiras. Você já teve colega de trabalho que virou gerente? Vizinho de corredor que virou síndico?Não é absurdo o que qualquer grama de poder faz? É o efeito realeza: a lei se aplica a vocês, "normais", mas ela é discutível quando aplicada em mim.

 

Basta do abuso de poder!

 

Aquele abraço

 

Andrei Moscheto – Supremo Excelentíssimo Diretor Único do AntropofocusTM

 

Hoje no blog: começa a semana especial, dedicada a INRI CRISTO.